Mostra Visual de Poesia Brasileira - Poéticas Sonoras Verbais Visuais


09/03/2007



e se fosse
ontem
apocalipse?

leminski, 1.12- 5

“o fim rimará
.............com início,
e do pó
........por amor
............e por vício,

a vida recomeçará”

-stop, play life
....in reverse order

essof missa es

!méma

 

Rodrigo Mebs Santana

http://almadepoeta.com/fulinaima.htm

 

Escrito por arturgumes às 18h12
[ ] [ envie esta mensagem ]

Mulher

 

Se bem-me-quer

Bem-te-vi

Bem-te-quero

Sempre aqui

 

Artur Gomes

http://jurassecretas.zip.net

http://almadepoeta.com/fulinaima.htm

 

Escrito por arturgumes às 12h04
[ ] [ envie esta mensagem ]

08/03/2007


Confidência

 

Prefiro a paciente

proeza das traças,

meu rapaz,

aos versinhos

bem traçados

dos quais

te mostras capaz

(assépticos e sérios

como os de

ninguém mais).

Ah! Ler-te é

penetrar na paz

dos cemitérios.

Ainda respiras, mas

já se entrelê

junto aos títulos

dos teus livros,

os dois precisos

vocábulos

(“Aqui jaz”)

com que, um dia

te saudarão os vivos.

 

Ricardo Aleixo

Máquina Zero – Sciptum Livros  

Belo Horizonte-MG – 2004

http://jaguadarte.zip.net

 

 

 

Escrito por arturgumes às 12h16
[ ] [ envie esta mensagem ]

estilhaços no lago de púrpura

 

I

Eu quebrado por você sou estilhaços no lago de púrpura/

lá entre nós e calos, sou esta enxurrada que invade

eu/aquele que vem com faunos de flautas e flechas

sou o mesmo wilmar silva de mil diamantes nos olhos

e mesmo que haja asas de arribação na mira da boca:

o que faço com esta língua na mina de sangue/

vem agora em ouriço com vestígio de godiva,

eu/ sou este cavalo com escamas e crinas

e cascalho para cavalgar um corpo distante/

mais que esta noite com centelhas de semens

que nascem entre meus dedos de sonhos/ eu

 

wilmar silva

www.wilmarsilva.com.br

www.anomelivros.com.br

 

Escrito por arturgumes às 12h03
[ ] [ envie esta mensagem ]